Brasil ocupa o 31º lugar em lista de 44 países quanto à proficiência em inglês

Escrito por Carina Fragozo
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Há um consenso entre os brasileiros de que o inglês é, atualmente, uma ferramenta essencial para interação no mundo globalizado. Entretanto, em pesquisa realizada pela rede de ensino de idiomas Education First, o Brasil ocupa a 31ª posição em um ranking de proficiência em inglês com 44 países.
De acordo com a revista Nova Escola deste mês (p.28), por muitos anos a sociedade sustentou a noção de que “pobre não precisa estudar outros idiomas porque não nunca irá para o exterior”. É claro que essa visão preconceituosa não considera que o inglês não é usado apenas para a comunicação com outros falantes nativos, mas também para proporcionar oportunidades de vida, para compreender outras culturas, e também paa refletir sobre a própria identidade.
De acordo com a revista, uma das principais razões para esse problema é a falta de profissionais qualificados, já que menos de um terço dos professores de inglês no ensino fundamental têm formação específica. Ainda por cima, diz a revista que até mesmo os que têm formação adequada, muitas vezes, estão despreparados. Dá para acreditar?
Apesar de os brasileiros perceberem o inglês como um símbolo de status, utilizando-o em nomes de pessoas (Wellington, Alisson, Jonathan…), nomes de estabelecimentos e em propagandas, poucos realmente  são capazes de se comunicar na língua. Isso pode ser explicado pelas deficiências no ensino público do país e pelo fato de que poucas pessoas têm condições de pagar por cursos de idiomas.
Sei que já virou moda falar sobre como será a copa de 2014, mas é inevitável não imaginar a dificuldade que turistas estrangeiros terão para pedir informações no nosso país! Apesar de a nossa gente ser conhecida pela boa vontade em ajudar, será difícil dar o jeitinho brasileiro na hora de comunicar-se em inglês, sem que haja uma preparação.
Portanto, aos meus amigos professores: It’s time to DO something! É hora de contextualizarmos o ensino da língua e tornar o aprendizado significativo para nossos alunos! Vamos nos reciclar, ler artigos, pesquisar na internet, participar de palestras, desenvolver projetos significativos, enfim… Let’s do our best to change this situation!
Aos que pensam em tornar-se professores de inglês: As escolas estão precisando de vocês, e cada vez há menos alunos nas faculdades de Letras!  O Brasil não pode permanecer nessa posição vergonhosa no ranking de proficiência, e parte da responsabilidade está em nossas mãos!

Veja também...

se aprofunde ainda mais no inglês!

Entre agora na lista de espera para a próxima turma do meu curso online!